Ministério: Adoração

 

Promover a adoração ao Deus verdadeiro através da congregação reunida para culto, dos corais, grupos musicais e ministérios de louvor, coreografia, teatro e outras manifestações artísticas e culturais que se prestem ao fim da adoração verdadeira. Clique e conheça cada um.

A função é ministrar o louvor e a adoração congregacional, com instrumentos e vozes, previamente ensaiados, contribuindo para que o culto seja uma experiência contagiante e espiritual.

Sua função é executar músicas a quatro vozes, durante os cultos e programações promovidos pela igreja e proporcionar aos participantes aprendizagem de leitura musical e técnica vocal, contribuindo para o amadurecimento musical da igreja.

Sonoplastia, a arte dos bastidores.

Toda pessoa que exerce a função de operador de áudio (sonoplastia) nas igrejas tem de estar bem ciente de sua função e responsabilidade, pois ela é responsável pelo bom andamento do culto, basta uma microfonia ou bateria do microfone sem fio acabar, e todo o sermão pode ser prejudicado. Tudo passa pelas "mãos" do operador de áudio, desde testemunhos, louvor, pregação, devocionais... é dele a responsabilidade do pleno funcionamento do sistema, a fim que os demais possam exercer suas funções com satisfação, nesse ponto cabe o questionamento, o que um operador de áudio realmente faz?
Vamos lá, para responder essa pergunta, basta fechar os olhos e "abrir" bem os ouvidos, se o som que ouvir for bom, ruim, alto, baixo, distorcido, com microfonias, sem microfonias, enlatado, com brilho, sem peso... é "culpa" do operador.

Para que o som atenda a necessidade auditiva do público é necessário basicamente três pilares, que chamo de "pilares para o som perfeito", são eles:

Boa produção sonora
Bom equipamento
Bom operador

Sendo que, se um desses itens estiver fora, todo o processo é prejudicado, há outras características para o bom fluir do som, sendo:

Responsabilidade
Organização
Habilidade
Compromisso
Saber que será o primeiro a chegar e o último a sair
Ter plena ciência que o trabalho raramente é reconhecido
Operador não é musico e nem milagreiro, se o cantor estiver desafinado, não tem o que fazer
Pontualidade
Esforço
Atualização de conhecimento.
Fico por aqui deixando o versículo base para o operador de áudio e seu ministério.

... A fé vem pelo ouvir. Rm 10:17

Ser uma poderosa ferramenta tecnológica que atue durante as principais atividades da igreja, contribuindo para a objetividade das informações, a maximização do aprendizado, através de recursos visuais, e a criação de um clima de enlevo espiritual na geração de imagens contextualizadas, durante os avisos, os cânticos, pregação da Palavra de Deus e momentos de ensino na congregação.

A função é ser uma ferramenta para a propagação do evangelho, através da linguagem cênica e auxiliar, através de esquetes, na promoção dos projetos e programas da igreja.

A missão é auxiliar, através de canções relacionadas com o tema do culto, na preparação para o clima espiritual necessário à propagação da Palavra de Deus.

O objetivo é comunicar e melhorar a interação entre os participantes da igreja, dinamizando a informação para os membros através de todos os meios possíveis. Além disso, o alvo é ser também uma estratégia evangelística para alcançar pessoas através das redes sociais, internet e das mídias em geral.


BOLETIM

Veja o Boletim e informe-se sobre a agenda de eventos e atividades.

Saiba mais  

NA TELA

O PIB NEWS resume semanalmente as informações mais importantes.

Assistir  

GALERIA

Confira as fotos dos batismos, eventos e atividades da PIB.

Ver Galerias  

ONLINE

Fique ligado nas transmissões dos cultos.

Saiba mais