Devocionais

21 dias de foco - Reconciliação Familiar


Escutar devocional
Toque no Play


"Quando as mãos de Moisés já estavam cansadas, eles pegaram uma pedra e a colocaram debaixo dele, para que nela se assentasse. Arão e Hur mantinham erguidas as mãos de Moisés, um de cada lado, de modo que as mãos permaneceram firmes até o pôr-do-sol. " Êxodo 17:12.


Suportar ao contrário do que muitos pensam  não é a arte de aturar alguém, biblicamente, suportar é   dar suporte é antes de mais nada amar outros , prestar assistência , apoiar aqueles que estão fracos ou necessitado, no versículo em tela vemos com quão grande amor Arão e Hur prestaram assistência a Moises Suportando seus braços cansados existia uma guerra em curso, os inimigos que avançavam contra a família Israelita   precisavam ser vencidos, nesse contexto enquanto vários lutavam fisicamente, um trio membros da mesma família combatiam espiritualmente, o resultado foi vitória! 


A família (Israel) permanecia unidade e perseverante. Como disse o próprio Jesus "um reino dividido, não  subsistir". 


Essa unidade precisa estar presente na família de Cristo seja nos lares ou na igreja, nesse campo é que o inimigo ataca, se  encontrar fraqueça  física, emocional ou espiritualmente  tende a prevalecer, porem acredito que a cada dia estamos crescendo mais na união, comunhão e nas orações, essa é a verdadeira proteção

"Quero, pois, que os homens orem em todo lugar, levantando mãos santas, sem ira e sem discussões." 1 Timóteo 2:8      


O primeiro lugar que sua mão deve abençoar é o seu lar!


Estamos encerrando hoje os 21 dias de "foco na reconciliação familiar, " Até aqui nos ajudou o Senhor ,  Ebenezer.


Que Deus a todas as famílias abençoe

Escutar devocional
Toque no Play


O Choro

"Esaú correu ao encontro de Jacó e abraçou-se ao seu pescoço, e eles choraram" Gn. 33:4

Choro na maioria das vezes representa tristeza, os sinônimos dessa palavra sempre nos remetem a decepções e experiências dolorosas, choro significa: verter lagrimas, normalmente uma reação a dor, pode vir acompanhada de soluços, gritos e lamentos

O menor versículo da Bíblia João 11:35 diz: "Jesus chorou"

O contexto era de perda de seu amigo lázaro.

O salmo 30:5 diz : "O choro pode durara uma noite, mais a alegria vem pela manhã. "

Segundo a palavra, as noites de tristezas darão lugar a risos de alegria.

Em gêneses 33 encontramos dois personagens que viveram grande parte de suas vidas afastados , mesmo tendo saído do mesmo ventre, situação criada por mazelas, pecados mentiras e enganações , danos e feridas que  cicatrizariam com reencontro e perdão, Jacó e Esaú precisavam passar por esse momento da reconciliação familiar, a experiência  desse momento marcou a vida de ambos e com certeza de sua famílias, esses momentos são proporcionados por Deus para a vida do ser humano.

Todos devem focar na reconciliação e  perdão. 

Essa não é uma decisão fácil, porem necessária, Jacó, o enganador acabara de passar por uma experiência, com Deus , no vale de Jaboque, "local de grande experiência".

Isso deu a Jacó, além de um novo Nome , o  desejo de abraçar seu irmão.

O reencontro, gera abraço, o abraço gera o choro e arrependimento    

Aprenda!

-Perdoar e ser perdoado é uma necessidade humana para agradar o Divino

O tempo de afastamento já passou, reaproxime do seu irmão e chore com ele .    

Nem todos os choros são de tristeza, pode ser, alegrias, reconciliação, e arrependimento.

Deus os abençoe.

Escutar devocional
Toque no Play


"Caindo em si, ele disse: ‘Quantos empregados de meu pai têm comida de sobra, e eu aqui, morrendo de fome!

Eu me porei a caminho e voltarei para meu pai, e lhe direi: Pai, pequei contra o céu e contra ti. Lucas 15:17,18

Padre Guy Gilbert descreveu uma historia semelhante a essa.


Certo Jovem ao ler essa passagem bíblica, focou na primeira parte da historia, e pensou: Eu também posso fazer o mesmo, sendo assim, apropriando-se da sua maior idade requereu  seus bens e declarou seu desejo de ir embora de sua casa. 


Aconteceu com esse jovem o mesmo  que acontecera com o jovem da parábola, em certo momento ao  se deparar com a segunda parte da parábola  entendeu que deveria voltar, envergonhado o jovem, ligou para sua mãe e fez um pedido:

- mãe desejo voltar, minha dúvida é se o meu pai me perdoará!


De qualquer forma já marquei a volta, hoje estarei no ônibus que passa em frente a minha casa as 14:30 horas, fala como ele se ele me perdoar pede para que coloque um pequeno tecido branco em um dos galhos da grande arvore em frente da casa , quando eu passar se o pano não estiver lá , entenderei que ele não me perdoou, assim o jovem se deslocou para a sua casa na hora marcada, ao chegar próximo,  ainda dentro do ônibus pediu para uma senhora que viajava ao seu lado olhar certificar se o tecido estava posto na arvore , a mulher olhou, espantada disse: o amor do seu pai é muito grande.

A arvore e a casa estavam cobertos por tecidos brancos. 

Muitos jovens hoje tentam imitar o jovem da parábola, o final sempre será o mesmo, em um momento é necessário voltar, pedir perdão e reconciliar, penso que chega um momento que é precisa “Cair em si".


A "ficha” precisa cair  

Entender que o Pai sempre tem a melhor orientação

junto dele temos maior oportunidade de ser livrado do mundo perverso a alcançarmos o verdadeiro Sucesso ainda nesta vida. 

Marque a hora , O Pai sempre te quer de volta!


Deus os abençoe

Escutar devocional
Toque no Play


O tempo devocional em família é importante para mover nossa vida espiritual além das paredes do templo. É um tempo fundamental para encorajar cada indivíduo a estabelecer um senso de unidade familiar. Ser intencional sobre um tempo devocional e desenvolver uma cultura familiar em torno desse hábito é muito importante. Embora isso possa exigir uma mudança na forma como a família gasta seu tempo, programar um tempo de qualidade espiritual pode render bençãos eternas que serão desfrutadas como um legado familiar entre as gerações.


Lembro-me das vezes em que a minha avó mandava parar tudo em casa para lermos a bíblia e orarmos juntos. Apesar de ficar chateado muitas vezes por estar assistindo aquele desenho favorito na TV ou brincando com os amigos na rua, lembro-me que aqueles momentos diários eram os únicos em que toda a família de fato se reunia e parava tudo para se alimentar espiritualmente. Hoje percebo que mesmo naqueles poucos minutos, tínhamos a oportunidade de desfrutar de um relacionamento familiar de unidade que era inspirador para o nosso dia-a-dia. Por causa dessa semente plantada muitos anos atrás pela minha vó, hoje pretendo levar adiante esse hábito como um legado familiar espiritual para os meus filhos e netos.

     Tiago 1:25 diz: “Mas aquele que considera, atentamente, na lei perfeita, lei da liberdade, e nela persevera, não sendo ouvinte negligente, mas operoso praticante, esse será bem-aventurado no que realizar.”  Precisamos crer que o tempo devocional em família é a chave para as bênçãos de Deus em nosso lar e em tudo o que pretendemos realizar! Dedicar tempo a Deus em família não é perca de tempo, é ganhar tempo! É por isso que a palavra de Deus diz que devemos buscar em primeiro lugar o reino de Deus e todas as demais coisas nos serão acrescentadas. 


Esse tempo com Deus em família pode parecer estranho ou difícil no início, transparência e perseverança são fundamentais. Ao planejar esse tempo devocional, concentre-se no desenvolvimento do caráter. Use passagens relevantes para situações ou necessidades que você observa em seu contexto familiar. Isso permitirá que a família como um todo entenda que a Bíblia é aplicável às nossas vidas mesmo sendo diferentes uns dos outros. Também ajuda a compreender que Deus é um Pai amoroso e que deseja um relacionamento pessoal com cada membro da família. Precisamos também ficar atentos aos momentos de ensino dados por Deus, onde Ele fala conosco em meio as atividades do nosso dia-a-dia. Esses momentos são raros, preciosos e não estão sujeitos ao nosso cronograma familiar diário. Medite na palavra de Deus dia e noite e você perceberá que aquele período devocional será estendido durante todo o seu dia e você perceberá Deus falando ao seu coração em todo o tempo.


Pense nisso. Que Deus abençoe você e sua família em nome de Jesus.

Escutar devocional
Toque no Play


RESTAURANDO A VISÃO FAMILIAR

Salmos 68. 5-6

     

     Deus não quer apenas restaurar famílias, mas ele quer nos ajudar a termos uma visão correta a respeito da família, pois isso afeta diretamente a visão que teremos a respeito de Deus. A visão que temos de família se constrói através dos anos e das experiências que vivemos com os nossos familiares. Mesmo sabendo que não existem famílias perfeitas, precisamos nos esforçar em criar um relacionamento familiar saudável, só assim conheceremos em meio a esse ambiente de imperfeições um Deus que se faz perfeito. O fato de muitas vezes estarmos inseridos em um contexto familiar conturbado não nos dá o direito de negligenciarmos o convívio familiar. Precisamos olhar para as escrituras sagradas para observarmos como Deus age em nossas vidas mesmo através de um contexto familiar imperfeito.

     No livro de salmos capitulo 68 versículo 5 a palavra de Deus diz: “Pai para os órfãos e defensor das viúvas é Deus em sua santa habitação.” Muitos de nós, mesmo crescendo em um contexto familiar bem estruturado, onde os familiares se esforçaram para oferecer o melhor uns aos outros, se sentem muitas vezes como órfãos. Alguns de nós cresceram com determinadas lacunas na alma e carências emocionais profundas. Mesmo neste contexto familiar conturbado, Deus deseja se fazer presente. Neste texto bíblico Deus se mostra disposto a preencher esses vazios existenciais, se revelando como um pai que está disposto a adotar um órfão. Deus quer fazer assim com que essa pessoa seja plenamente satisfeita Nele. Mesmo você que talvez tenha crescido em um ambiente familiar disfuncional, saiba que Deus como pai quer te adotar como filho, fazendo com que você entenda que mesmo tendo sofrido consequências de erros cometidos por pais imperfeitos, o plano de Deus é te adotar e lhe oferecer um relacionamento perfeito consolidado no amor.

     No versículo 6 a bíblia nos diz que Deus dá um lar aos solitários e liberta os presos para a prosperidade... e é isso que Ele oferece a todos aqueles que buscam um relacionamento que os façam ser como filhos de Deus... ele quer nos oferecer um lar e um lugar em meio a família dos santos. Deus quer lhe oferecer a verdadeira liberdade dos seus filhos, fazendo assim com que você se liberte de toda prisão existencial da alma, de toda amargura e desprezo sofrido. Não importa o que os outros dizem a seu respeito, o mais importante é aquilo que Deus diz a seu respeito, e Ele lhe chama de Filho(a).

     Pense nisso. Que Deus abençoe você e sua família em nome de Jesus

Escutar devocional
Toque no Play


Priorizando a família


     Infelizmente em nossos dias temos observado muitos cristãos que em nome da fé estão negligenciando o cuidado com a família, quando na verdade a bíblia nos orienta a darmos prioridade a ela. Em 1 Timóteo 5.8 diz a palavra de Deus que “Se alguém não cuida de seus parentes, e especialmente dos de sua própria família, negou a fé e é pior que um descrente”. Vejam, a bíblia não está nos dizendo que devemos amar acima de tudo a nossa família e nem que devamos coloca-la acima do nosso relacionamento com Deus. O que a palavra de Deus está nos ensinando através deste versículo é que o nosso relacionamento com Deus está diretamente ligado ao nosso relacionamento familiar, e que negligenciar a família seria a mesma coisa que negligenciar a fé.

     A maneira como nos relacionamos com os nossos familiares diz muito sobre o nosso relacionamento com Deus. Se Deus nos pede para amar o próximo e estamos com dificuldades de amar os da nossa própria família, então não estamos aperfeiçoados no amor, logo estamos falhando também no nosso relacionamento para com Deus, deixando de ama-lo e sendo negligentes com Ele. Deus nos pede para priorizarmos a família porque é através dela que Ele nos ensina realidades espirituais poderosas e nos permite vive-las. Quero aqui deixar um exemplo: O conceito de tri-unidade entre Deus pai, Deus filho e Deus Espirito Santo nos ensina que existe uma realidade espiritual de intimidade e unidade nos céus, Logo, essa realidade precisa também ser experimentada por nós aqui na terra. Assim como Pai e Filho são um nos céus, pais e filhos devem ser um na terra... assim como a unidade é vivida através de uma intimidade divina nos céus, também devemos viver em unidade com intimidade na terra, e essa unidade com intimidade só pode ser experimentada por nós através do relacionamento familiar.

     Na oração modelo ensinada por Jesus ele nos diz: ”Seja feita a tua vontade assim na terra como nos céus...” e esse deve ser o nosso desejo, viver na terra as realidades espirituais existentes nos céus. Portanto, se engaje em seu relacionamento familiar e busque intimamente o relacionamento de unidade para com os seus. Priorize o reino de Deus e a sua justiça e assim você descobrirá que neste reino a sua família está incluída e não apenas isso, que ela é parte fundamental dele. Priorizar o reino de Deus é também priorizar a família, pois a família é propósito eterno de Deus.

     Pense nisso. Que Deus abençoe você e a sua família em nome de Jesus.

Escutar devocional
Toque no Play


70x7=0

Então Pedro aproximou-se de Jesus e perguntou: "Senhor, quantas vezes deverei perdoar a meu irmão quando ele pecar contra mim? Até sete vezes? "Jesus respondeu: "Eu lhe digo: não até sete, mas até setenta vezes sete.  Mateus 18:21,22


Alguém já disse que o perdão é o passo mais difícil no ambiente familiar. Falar de reconciliação é falar de perdão. O perdão é um recurso divino, não é uma invenção humana.


 Perdoar é pagar a dívida, é livra o outro da condenação, é zerar a contar.   Romanos capitulo 8.1 Diz, “portanto, nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus...”  Estamos perdoados! A conta foi zerada!  O perdão é um presente antecipado de Deus!


Quando Pedro faz a pergunta a Jesus ele acha que está sendo muito generoso, pois os judeus tinham como regra perdoar 3 vezes, Pedro sugere 7 e Jesus vai muito além. 


Porque perdoar não é uma questão matemática. Quem teria a chance de errar contra o outro 490 vezes sem que houvesse 489 perdões?  Sabemos o quanto é dificil perdoar alguém pela 2ª. vez e reestabelecer a relação.  


Em nossa cultura usamos algumas frases que coloca o perdão como uma via de mão única, por exemplo, eu perdoo, mas não esqueço”, eu perdoo, mas não quero mais contato”. Em hebreus 8.12 o autor nos mostra como fomos perdoados “Porque eu lhes perdoarei a maldade e não me lembrarei mais dos seus pecados".


O perdão não é uma alternativa para que o ofendido se sinta bem, não há dúvida de que esse seja um dos benefícios do perdão, entretanto, o perdão é uma via de mão dupla lembre-se existe um Deus e existe o outro em sua história. 


Um dos maiores exemplos bíblicos de perdão é o romance de Oséias e Gômer, (Oseías 1,2,3) ela errou, porém, ele a perdoou e investiu alto na reconciliação.   


Porque perdoar segundo Jesus é dar ao outro a chance dele se relacionar comigo novamente... Parece loucura! Mas como eu disse antes o perdão é um recurso divino e Ele realmente nos desafia!   Se após o erro a relação for cortada você não terá a chance de perdoar 70x7 e zerar a conta. 


Que oportunidade incrível de imitar o nosso Deus! Mas antes, lembre-se a sua conta está zerada! 

 Deus a bençoe a você e a sua família.

Escutar devocional
Toque no Play


SEM MUROS 


Como a cidade com seus muros derrubados, assim é quem não sabe dominar-se.  Provérbios 25:28


Tenho pensado muito na importância de alguns princípios bíblicos para este momento que estamos vivendo, uma experiência nova de convívio familiar que tem exigido muito de todos nós. 


Quando falamos de domínio próprio geralmente pensamos nas pessoas de cabeça quente, com alta irritabilidade, iracundas e em algumas situações até violentas.  Sim, é verdade que a falta de autocontrole pode ser uma ameaça a outras pessoas. 


Observando o texto Bíblico uma pessoa que não sabe dominar-se é uma ameaça a si mesmo, o texto diz que é como uma cidade sem muros é totalmente desprotegida, vulnerável a todo tipo de ataque. 


Ao mesmo tempo que gera sofrimento aos outros também é vítima dos seus próprios desejos, se mete em confusão, contraí dívida, porque a falta de domínio próprio gera incapacidade de medir as consequências dos seus próprios atos e escolhas.


Nestas circunstâncias a comunicação familiar é altamente comprometida, os problemas surgem desde pequenas respostas a perguntas simples ou a ausência delas.

 

Precisamos lembrar que domínio próprio é fruto do Espírito Santo, para ser reproduzido em nosso cotidiano. Observe algumas sugestões bíblicas para esta prática: 


TEMPERE AS SUAS PALAVRAS - O seu falar seja sempre agradável e temperado com sal, para que saibam como responder a cada um. Colossenses 4:6


SEJA AMÁVEL NO FALAR - O falar amável é árvore de vida, mas o falar enganoso esmaga o espírito.  Provérbios 15:4


AVALIE AS SUAS ATITUDES E MUDE -  Refleti em meus caminhos e voltei os meus passos para os teus testemunhos.  Salmos 119:59


ORE e peça ao Espirito Santo de Deus que produza em você o seu fruto. Conforme o texto de Gálatas 5:22,23. “Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio”.   


Deus abençoe a você e a sua Família,

Escutar devocional
Toque no Play


ENCONTREM O CRISTO 


Acima de tudo, porém, revistam-se do amor, que é o elo perfeito.  Colossenses 3:14


Conta-se de um mosteiro muito famoso que atraía muitos visitantes. A fama daquele lugar era conhecida por toda a região, todos comentavam como era bom viver ali ou visitá-lo, havia uma forte expressão de alegria, amor e paz. O brilho do local era visível a todos, um verdadeiro oásis. Um lugar perfeito!


Com o passar dos anos aquele lugar foi perdendo o seu brilho, as pessoas já não sentiam a mesma alegria ao visitá-lo, os moradores tristes e preocupados percebiam que algo estava errado.  


Diante desta situação o líder foi procurar o sábio para saber o que estava acontecendo. O sábio ouviu atentamente e disse: 


O problema é que entre vocês tem alguém que é o Cristo!  Vocês precisam descobrir         quem é o Cristo e tratá-lo como Cristo, assim o problema será resolvido. 


O Líder voltou reuniu a todos e deu a notícia:  o sábio disse que alguém entre nós é o Cristo e o problema só será resolvido quando descobrirmos quem é tratá-lo como tal.


Iniciaram entre eles uma busca pelo Cristo. Como ninguém sabia quem era o Cristo todos passaram a tratar o outro como se fosse o Cristo.  A partir daquele dia a alegria, a paz e o amor voltaram a reinar naquele lugar… O brilho atraia a todos novamente!


Esse conto me faz lembrar a recomendação de Paulo em Colossenses 3.14,15 Ele diz:  Portanto, como povo escolhido de Deus, santo e amado, revistam-se de profunda compaixão, bondade, humildade, mansidão e paciência.

Suportem-se uns aos outros e perdoem as queixas que tiverem uns contra os outros. Perdoem como o Senhor lhes perdoou.

Acima de tudo, porém, revistam-se do amor, que é o elo perfeito. 


O autor sagrado sabia que em nenhum contexto humano, compaixão, bondade, humildade, mansidão e paciência seriam suficientes, por esta razão, ele recomenda que sejamos suporte uns dos outros e que o perdão seja dado a exemplo do próprio Deus. Mas não para por aí… Ele diz deem preferência, ao amor, o Elo perfeito! 


Com base no amor – o elo perfeito, a reconciliação familiar trará de volta brilho aos lares. Há um Cristo entre vocês. E, até que o descubram, é preciso ter certeza que ele está sendo tratado como tal. 


Que Deus abençoe a você e a sua Família,

Escutar devocional
Toque no Play


Perdão traz descanso 


Na família muitas vezes somos feridos profundamente por palavras duras, ações egoístas, falta de compaixão, desinteresse pelo outro, falta de apoio, de afeto, de motivação.... 


Nos fechamos aos poucos sem perceber. Nos trancamos dentro de nós mesmos. 


Mas Deus não quer isso! 


Como quebrar essas cadeias, esses muros? 


Quando olhamos para o ofensor, nos perguntamos se é justo não puni-lo.

Entra em ação nosso sentimento de justiça própria.

Me esqueço de que suplico a Deus quando erro, mas cobro justiça quando ofendido. 


Mas "o Senhor quer misericórdia, e não sacrifícios" (Mt 9:13), pois "as misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, elas não tem fim" (Lm 3:22).

E "o juízo é sem misericórdia para aqueles que não tem misericórdia" (Tg 2:13) 


Certo...então tenho que perdoar mesmo se o outro não se arrepender?

E o meu prejuízo, minha dôr?

E a punição dele?

Isso não é justo! 


Mas a Bíblia diz que "a ira do homem não opera a justiça de Deus" (Tg 1:20), pois "a vingança pertence ao Senhor" (Hb 10:30), e ainda "Deus fará justiça aos seus escolhidos" (Lc 18:7). 


Veja que coisa linda: 


Ao mesmo tempo que a Palavra nos cobra que perdoemos, ela nos garante que ao faze-lo, Ele cuidará do ofensor. 

Sim Ele fará justiça....mas não como nós faríamos, pois nos trata a todos com misericórdia.

Ele agirá no coração do opressor, conduzindo-o ao arrependimento, pois o alvo não é a vingança mas a salvação de todos. 


Por isso entregando o fardo pesadíssimo das amarguras e ressentimentos, entro no Seu descanso. 


O pacificador experimenta a paz de Deus e será chamado Filho de Deus (Mt 5:9).

"Os mansos herdarão a terra e se deleitarão na abundância de paz" (Sl 37:11). 


Puxa, Ele lhe dará uma bela herança! 


Perdoe, e entre no descanso do Teu Senhor! 🙏❤🙏

Escutar devocional
Toque no Play


SEM MEDIDA 


Conforme Pv 18:19:

"O irmão ofendido é mais difícil de conquistar do que uma cidade forte; e as contendas são como ferrolhos de um palácio". 


Voce ja reparou que a ofensa de quem amamos dói mais?

A dôr fica insuportável, nos ressentimos, ficamos amargos, nos afligimos e até adoecemos. A amargura é uma raiz que necessita ser arrancada. (Hb 12: 15) 


Então como posso querer perdoar, se estou tão machucado?

Não sinto vontade, seria hipocrisia... 


Mas na oração do Pai Nosso (Mt 6: 12, 14 e 15), Jesus estabelece o perdão com um princípio, uma regra, imperativo e também estabelece a sua medida:

Você deve perdoar ASSIM COMO você precisa de perdão. Pois:

"Todos pecaram e carecem da glória de Deus" (Rm 3:23). 


No entanto, Jesus nos providenciou o escape, pois conhece a nossa estrutura. 


Veja, perdoar é uma decisão em obediência e não um sentimento ou emoção. 


Decida perdoar e declare a benção a quem te ofendeu. 


Vamos irmão, faça isso agora em Nome de Jesus e Ele se encarregará de curar seu coração. Peça a Ele que arranque toda raiz de amargura pois isso é um veneno que contamina todos a nossa volta (Hb 12: 15). 


Sim, Ele te libertará de todo aprisionamento, tormento, culpa pois a falta de perdão traz a ira de Deus sobre tua vida (Mt 18: 23 a 35). 


Qual é a medida então do meu perdão?

Deus te responderá:

Filho, o tanto que você precisa ser perdoado.....

Portanto, sem medida.

Escutar devocional
Toque no Play


Como posso amar mais? 

Sabemos que em nossos relacionamentos, a maior dificuldade é perdoar.

Jesus nos ensina em Lc 7: 40 a 47 duas situações.


A primeira:

"Dois homens deviam a certo credor. Um lhe devia quinhentos denários e o outro, cinquenta. Nenhum dos dois tinha com que lhe pagar, por isso lhe perdoou a dívida a ambos. Qual deles o amará mais?"

Simão respondeu : "Suponho que aquele a quem foi perdoada a dívida maior".

"Você julgou bem" disse Jesus. 


Aqui Jesus estabelece uma relação direta entre o perdão e o amor:

- quem mais perdoa é quem mais ama;

mas antes disso:

- quem mais é perdoado, mais ama. 


Então percebemos que nossa capacidade de amar está intimamente ligada a nossa percepção do tamanho do perdão que já recebemos de Deus: 

- quanto mais me vejo pecador, mais careço do seu Seu perdão e portanto mais eu O amo, mais amo. 

- quanto mais me sinto justo, bom, honesto,...menos perdão eu demando de Deus. 


Por isso os fariseus, os religiosos não receberam Jesus, pois se viam como justos.

Bem, eu preciso amar mais meu cônjuge, pais, filhos, irmãos... 


Como posso amar mais, ser mais cheio do Amor de Deus?

- deixando as escamas dos olhos do coração caírem.

"Sonda-me oh Deus, conhece o meu coração, prova-me....  e veja se há algum caminho mau"... Sl 139:23 e 24 


- pedindo ao Espírito Santo que me constranja, não me achando melhor que o outro, olhando para minhas mazelas, fraquezas, para meus erros e defeitos. Deixando que o espelho da Palavra me mostre como sou. 


Quando eu me quebrantar pelo que Ele me mostrar, eu serei cheio de misericórdia, de compaixão, de Amor e serei capacitado novamente a perdoar. 

Não somos justos mas justificados por Cristo.

Fui perdoado, posso perdoar.

Escutar devocional
Toque no Play


Persevere

“Vocês são a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade construída sobre um monte.  E, também, ninguém acende uma candeia e a coloca debaixo de uma vasilha. Ao contrário, coloca-a no lugar apropriado, e assim ilumina a todos os que estão na casa. ” Mateus 5:14-15

Em 1879, depois de realizar 1.200 experiências, Thomas Edison inventou a lâmpada elétrica. 

Você sabe a diferença entre persistir e insistir? Insistir é fazer do mesmo jeito, mas sem resultado. Persistir é fazer diferente, criativamente e finalmente obter resultado.


O que anda apagando o brilho do seu casamento ou relacionamento em família? 


Que tal perseverar, mas sem perder o brilho? Ou seja, de forma criativa!


Nosso Deus é o Pai da Luzes! (Eureka!)


“Toda boa dádiva e todo dom perfeito vêm do alto, descendo do Pai das luzes, que não muda como sombras inconstantes.” Tiago 1:17


Ou seja, além de pai das luzes Ele é o pai da perseverança também! Não muda, nos perde de vista. Não desiste de mim. Não desiste de você. Não desiste da Família. Não muda em seus propósitos!


O que você está esperando para se colocar 1200 vezes se preciso for diante do Pai das luzes e receber da parte dele as soluções brilhantes, criativas que tornarão você apto para iluminar todos os que estão em sua casa?


Deus abençoe você e sua família!

Escutar devocional
Toque no Play


A Boa Tradição

“Pois vocês sabem que não foi por meio de coisas perecíveis como prata ou ouro que vocês foram redimidos da sua maneira vazia de viver, transmitida por seus antepassados. ” 1 Pedro 1:18


Ao observar a imagem que foi com esta devocional pensei: A boa tradição é assim: simples e funcional.


No texto acima temos algo tradicional que vinha sendo passado de pai para filho, mas infelizmente algo complicado e disfuncional. 


O Texto chama de “maneira vazia de viver”


Como você tem vivido em família?

O que você tem transmitido para seu cônjuge, filhos?


Em geral quando a família se envolve com algum tipo de idolatria isso esvazia os sentimentos e os relacionamentos. 


Olha o que Bíblia diz sobre os ídolos


“Têm boca, mas não podem falar, olhos, mas não podem ver;  têm ouvidos, mas não podem escutar, nem há respiração em sua boca. Tornem-se  como eles aqueles que os fazem e todos os que neles confiam” Sl 135.16–18


Já imaginou um relacionamento em família assim? Vazio, sem sabor, sem paisagens, sem cheiro, sem Sons, sem vida?


Há ídolos de metais mas também existem ídolos mentais que nos esvaziam por dentro. Eu não quero isso para mim nem para minha família e você?

A Boa tradição de pai para filho é Simples e Funcional. Enche nosso coração de fé e nos protege da idolatria


Minha oração é que Deus preencha os vazios da sua casa e continue a escrever de geração a geração os planos dele para sua família

Escutar devocional
Toque no Play


A torre do Big Bem com seu relógio quadrilátero é um ícone cultural britânico, um dos símbolos mais proeminentes do Reino Unido e frequentemente aparece em cenas de filmes, séries de televisão. Mas o que eu não sabia é que ela foi construída para um novo palácio, depois que o antigo Palácio de Westminster ter sido amplamente destruído por um incêndio na noite de 16 de outubro de 1834


Sabe, penso que nossas casas são verdadeiros palácios que precisam de reconstrução a cada dia. Mas como diz o texto que acabamos de ler: “Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam”


Quais incêndios estão destruindo seu palácio? Seus relacionamentos? Sua paz no lar?


Precisamos que o Senhor seja um grande relógio que sinalize que o palácio real (sua casa, sua família) está sendo reconstruído em Deus. Ajustem seus ponteiros (casa, relacionamentos) em Deus


Minha oração é que o Senhor seja para você e sua família um marco de reconstrução. Um Grande relógio visto por todos da família onde quer que eles estejam


Que todos ao olhar para sua família saibam que foi Deus que edificou, perdoou e reconstruiu. 

Deus Ama edificar famílias! Quer edificar a sua?

Escutar devocional
Toque no Play


O PODER DA UNIDADE.


“Em chegando o sétimo mês, e estando os filhos de Israel já nas cidades, ajuntou-se o povo, como um só homem, em Jerusalém.”

‭‭Esdras‬ ‭3:1‬ ‭ARA‬‬


SIM, O AMOR DE CRISTO NOS UNIU.


Vamos refletir juntos :


No contexto de Esdras, o propósito era reconstruir o templo mas antes dedicaram um altar.


A palavra menciona que se juntaram como um só homem.


Percebemos aí compromisso !!!


Somos o corpo de Cristo e membros uns dos outros.Precisamos unir nossas forças e orações em prol da reconciliação familiar.


O Ap. Paulo em analogia quando escreve aos Coríntios, diz que somos o edifício de Deus, o templo levantado para a glória DELE.


Bem, se somos o templo, tem que existir um altar portanto deve haver oferta sacrificial.


Em Romanos 8 está escrito  que devemos nos apresentar como sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, esse é o nosso culto racional.


Não devemos nos conformar com este século mas sermos transformados pela renovação da nossa mente.


E o motivo é  para que venhamos a experimentar  e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.


No reino de Deus funciona assim mesmo, a palavra é provada e o Senhor deseja muito que a experimentemos.


Ele nos uniu pela graça, no poder do Espírito Santo para sermos esse sacrifício e se obedecermos veremos Sua glória se manifestando.


Em Col  3 : 1a3 o apóstolo revela que seremos manifestados em glória com Cristo.Isso é para hoje também.


Firme-se nesse propósito de oração, jejum e comunhão.Juntos somos “UM”, num mesmo propósito, uma só mente e um só coração.


O altar está aceso, se ofereça a Deus porque vale muito a pena.


Jesus se fez sacrifício vivo e nos chamou para sermos seus imitadores.


A vida em abundância se manifestou depois do ato sacrificial.


Eu vim para que tenham vida e vida em abundância disse JESUS.


Amamos as famílias 

🤓🤓🤓💒💒💒

Escutar devocional
Toque no Play


O INÍCIO DA VITÓRIA COMEÇA PELA JUSTIÇA.

“Observe o que  diz a Palavra de Deus”


“É, porém, por iniciativa dele que vocês estão em Cristo Jesus, o qual se tornou sabedoria de Deus para nós, isto é, justiça, santidade e redenção,”

‭‭1 Coríntios‬ ‭1:30‬ 


Vamos refletir juntos:


- São três que testemunham no céu, O Pai ,o Espírito e a palavra. 

- Três testificam na terra, a água, o sangue e o Espirito. 1 Jo 5

- Orou de acordo com a vontade de Deus? 1 Jo 5:14

- Martelo batido, você venceu !!!

- Jesus disse : Buscai em primeiro lugar o reino de Deus e a sua justiça.

- Ele cumpriu toda a justiça.

- Ele “é” a nossa justiça.

- Paulo explica em 1 Coríntios 1 que Jesus é o poder e a sabedoria de Deus.

- No Versículo 30, Paulo explica essa sabedoria:

- Sabedoria é Justiça, santidade e redenção.

- Pense comigo, Jesus disse para buscar primeiro a justiça do reino.

- Não é qualquer justiça.

- Captou? 

- Significa conhecer e ativar ou colocar em prática os princípios dessa justiça, na circunstância do relacionamento específico.

- Quer um exemplo? Honrar os pais, leia Efésios 6: 1 a 3.

- Se for esse seu caso, foque sua oração pedindo ao Espírito Santo que coloque em seu coração essa honra.

- Quando acontecer, será quebrantado (a) e o Espírito te levará ao arrependimento e confissão do pecado.

- Ufa, a justiça do reino prevaleceu.

- O Espírito Santo te ajudou e você como ator coadjuvante fêz sua oração de acordo com a vontade do Pai.

- Ai ai ai , quer saber o que aconteceu nesse processo?

- Aconteceu o que  já foi revelado pelo Amigo Paulo no versículo 30.

- Uma vez ativada a justiça do reino, em seguida vem a santificação.

- Santificação? Sim, a limpeza daquele compartimento do seu coração.

- Que legal, fazia tempo que não entrava lá né?

- Bem, agora que está limpo o compartimento, observe o que o Paulinho disse em seguida:

- Redenção: Uau! Significa que saí da prisão, as algemas foram retiradas e fui redimido?

- Sim, isso mesmo. Se eu fosse você, faria como aquele homem segundo o coração de Deus, o tal do Davi.

- Vivia examinando os compartimentos do coração.

- Ele não era nada bobinho né?

- Bem, se esse exemplo acima era o seu caso e tomou posse dessa verdade, você venceu.

- Se não era esse seu caso, basta aplicar o princípio apropriado a sua circunstância e verá a cura e a libertação.

- Olha lá hein, no momento certo você poderá testemunhar.

- Família, nós amamos.

- 😍😍😍 💒💒💒

Escutar devocional
Toque no Play


A MEDIDA DO AMOR É AMAR SEM MEDIDA

Santo Agostinho


“Nós amamos porque ele nos amou primeiro.”

‭‭1João‬ ‭4:19


Reflitamos juntos:


- O Amor sem medida somente é possível quando manifestado através daquele que nos amou primeiro, ou seja: Deus.


- Se somos filhos, Ele está em nós e devemos ser intencionais quanto ao fluir desse amor.


- Se Ele está em nós, então o Amor está presente porque Ele é AMOR.


- Sendo assim, qual a medida com a qual você deseja amar seu familiar?


- Lembre-se, o Amor de Deus deve ser conhecido em sua altura, comprimento, largura e profundidade, você consegue medir?


- Você acha que os instrumentos acima dão conta de medir esse AMOR incondicional?


- Paulo orou quando falou aos Efésios no capítulo 3 para que tivéssemos o conhecimento da medida desse Amor.


- Está afim de conhecer?


- Se chegou até aqui, aperte o cinto, precisa saber que um filho deve saber o que o Pai está fazendo e fazer igual.


- O que o Pai está fazendo? 


- Respondendo: Amando 😍 oras bolas!


- Qual é o seu caso, precisa perdoar alguém, se perdoar, ou ser perdoado?


- Quem muito amou, muito perdoou. Fantástico né?


- Foque agora e ore pelos familiares. 


- Para que? Você quer ou não ver a reconciliação acontecendo na prática?


- Reconciliação é primeiro um estado de espírito promovido pelo Espírito Santo. As consequências você testemunhará.


- Você precisa experimentar esse poder.


- Como? 


- Quero encorajá-lo a invocar o Espírito Santo e pedir a ele que coloque esse AMOR no seu espírito (coração).


- Não sabemos orar como convém. O Espírito Santo sabe.


- Já pediu a Ele? Tem que ser no NOME de Jesus hein....


- Aguarde um pouco ok? Ele vai se manifestar....


- Primeiramente ELE colocará no seu coração misericórdia e um espírito manso e pacífico por esses familiares.


- Posteriormente passará a vê-los com um coração quebrantado.


- Em seguida não quererá mais julgar esse familiar, não terá um conceito de si além do que convém e não se sentirá superior a ele.


- O poder da Cruz está agindo.


- Calminha, não brigue comigo tá?

         

Deus está iluminando seu coração  

para que veja como Ele vê, só estou 

relatando os sintomas reais dessa 

mudança de visão


- Está sentindo o Amor de Deus fluir?


- Pode ser que Ele esteja limpando seu coração primeiro, o purificador de água de casa começou a acender a luz vermelha porque precisava trocar o filtro.


- 😍😍😍


- O filtro do seu coração pode estar sendo trocado.


- Não fique aborrecido, a alegria do Senhor é a sua força, você  sabe disso não é mesmo?


- Águas vivas começaram a fluir ?


- Ta bom, depois conte seu testemunho para edificar nossas vidas, ok?


- Continue orando com esse coração.


- 😍😍😍😍


- Amamos as famílias

Escutar devocional
Toque no Play


ORAÇÃO ABRE PORTAS


Dediquem-se à oração, estejam alertas e sejam agradecidos.

Ao mesmo tempo, orem também por nós, para que Deus abra uma porta para a nossa mensagem, a fim de que possamos proclamar o mistério de Cristo, pelo qual estou preso.

Orem para que eu possa manifestá-lo abertamente, como me cumpre fazê-lo. (Colossenses 4:2-4) 


Muitas vezes o coração de nossos familiares mais próximos permanece fechado para as coisas de Deus. Falamos, insistimos em demonstrar gestos de amor, mas, percebemos que muitos permanecem como uma “porta emperrada”. O que fazer? 

Arrombamos a porta? Batemos até à exaustão tirando todo o espaço do outro? 

Diante de portas fechadas o apóstolo Paulo nos ensina a orar: 


“Ao mesmo tempo, orem também por nós, para que Deus abra uma porta para a nossa mensagem”


Na família, há vidas que se abrem com apenas um diálogo sincero. Porém, há outras portas que só são abertas por Deus. 


O poeta Vinicius de Moraes tem uma linda poesia sobre isso. Veja: 


Eu sou feita de madeira

Madeira, matéria morta

Mas não há coisa no mundo

Mais viva do que uma porta.

Eu abro devagarinho

Pra passar o menininho

Eu abro bem com cuidado

Pra passar o namorado

Eu abro bem prazenteira

Pra passar a cozinheira

Eu abro de supetão

Pra passar o capitão.


Só não abro pra essa gente

Que diz (a mim bem me importa...)

Que se uma pessoa é burra

É burra como uma porta.

Eu sou muito inteligente!

Eu fecho a frente da casa

Fecho a frente do quartel

Fecho tudo nesse mundo

Só vivo aberta no céu!


Só vivo aberta no céu! Essa também é uma verdade espiritual. Deus continua de coração aberto para a nossa família e deseja gerar oportunidades maravilhosas em sua casa para que seus familiares ouçam o Evangelho.

Escutar devocional
Toque no Play


ORAÇÃO ABRE PORTAS


Dediquem-se à oração, estejam alertas e sejam agradecidos.

Ao mesmo tempo, orem também por nós, para que Deus abra uma porta para a nossa mensagem, a fim de que possamos proclamar o mistério de Cristo, pelo qual estou preso.

Orem para que eu possa manifestá-lo abertamente, como me cumpre fazê-lo. (Colossenses 4:2-4) 


Muitas vezes o coração de nossos familiares mais próximos permanece fechado para as coisas de Deus. Falamos, insistimos em demonstrar gestos de amor, mas, percebemos que muitos permanecem como uma “porta emperrada”. O que fazer? 

Arrombamos a porta? Batemos até à exaustão tirando todo o espaço do outro? 

Diante de portas fechadas o apóstolo Paulo nos ensina a orar: 


“Ao mesmo tempo, orem também por nós, para que Deus abra uma porta para a nossa mensagem”


Na família, há vidas que se abrem com apenas um diálogo sincero. Porém, há outras portas que só são abertas por Deus. 


O poeta Vinicius de Moraes tem uma linda poesia sobre isso. Veja: 


Eu sou feita de madeira

Madeira, matéria morta

Mas não há coisa no mundo

Mais viva do que uma porta.

Eu abro devagarinho

Pra passar o menininho

Eu abro bem com cuidado

Pra passar o namorado

Eu abro bem prazenteira

Pra passar a cozinheira

Eu abro de supetão

Pra passar o capitão.


Só não abro pra essa gente

Que diz (a mim bem me importa...)

Que se uma pessoa é burra

É burra como uma porta.

Eu sou muito inteligente!

Eu fecho a frente da casa

Fecho a frente do quartel

Fecho tudo nesse mundo

Só vivo aberta no céu!


Só vivo aberta no céu! Essa também é uma verdade espiritual. Deus continua de coração aberto para a nossa família e deseja gerar oportunidades maravilhosas em sua casa para que seus familiares ouçam o Evangelho.

Escutar devocional
Toque no Play


ESCOLHAS SÁBIAS
(Devocional 01)

“As escolhas sábias o guardarão e o entendimento o protegerá” (Provérbios 2:11)

O  Rabino David Lancry citou uma poesia muito verdadeira quando o assunto é: Nossas Escolhas. Veja:  


Casamento é difícil,

Divórcio é difícil,

Escolha o seu difícil!


Sedentarismo  é difícil,

Estar em forma é difícil,

Escolha o seu difícil!


Estar em dívida é difícil,

Disciplina financeira é difícil,

Escolha o seu difícil! 


Comunicar-se é difícil, 

Não comunicar-se é difícil, 

Escolha o seu difícil!


A vida nunca será fácil, 

Será sempre difícil,

Mas, podemos escolher nosso difícil! 


Escolha sabiamente! 

O encorajamento da Palavra de Deus é maravilhoso. 


As escolhas sábias o guardarão e o entendimento o protegerá” (Provérbios 2:11)


Suas decisões hoje podem abençoar toda a sua casa.


Qual decisão você precisa tomar hoje para abençoar sua família?

a) dedicar um tempo de oração diário?

b) Realizar um culto semanal com a sua família? 

c) dedicar tempo de qualidade para cuidar dos seus?

d) abortar um processo de separação já em andamento?

e) confessar um pecado?

f) outra decisão pessoal? 


Eu encorajo você a decidir  hoje viver diante de Deus. 


Espero em Deus que esses 21 dias de foco façam total diferença em nossas famílias.


BOLETIM

Veja o Boletim e informe-se sobre a agenda de eventos e atividades.

Saiba mais  

NA TELA

O PIB NEWS resume semanalmente as informações mais importantes.

Assistir  

GALERIA

Confira as fotos dos batismos, eventos e atividades da PIB.

Ver Galerias  

ONLINE

Fique ligado nas transmissões dos cultos.

Saiba mais